Provas anteriores do Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) completa este ano 21 anos de existência, na qual desde que foi criado já passou por vários ajustes e alterações em suas provas. No Brasil milhares de alunos realizam a prova no Enem, Exame Nacional do Ensino médio, com o objetivo de conseguir uma bolsa nas faculdades. Se você quer saber como acessar as provas anteriores do Enem continue lendo esse post!

O Enem sempre cobra questões relacionadas à Ciências Humanas e suas tecnologias: composta por 45 questões sobre História, Geografia, Filosofia e Sociologia; Linguagens, códigos e suas tecnologias: Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação; Ciências da Natureza e suas tecnologias: Trará questões de Química, Física e Biologia; Matemática e suas tecnologias: 45 questões relativas a todas as áreas das ciências exatas da Matemática; e Redação.

Usar provas antigas para estudar para o Enem é um excelente método para se preparar. Provavelmente alguém já lhe deu essa dica, que é essencial para um bom desempenho.

Para baixar as provas anteriores do Enem acesse o site guiadoestudante.abril.com.br/enem/prepare-se-para-o-enem-refazendo-provas-anteriores/, e selecione o ano da prova em que deseja fazer o download.

Lá você encontrará provas dos últimos 10 anos com seus respectivos gabaritos.

Veja abaixo as ferramentas do Governo Federal que aceitam as notas do Enem para ingresso em faculdades:

A) Sisu: o Sistema de Seleção Unificada distribui vagas em universidades públicas de todo o país. São mais de 130 instituições participantes – entre elas, há várias que oferecem vagas em Medicina. Para concorrer é preciso ter feito o Enem mais recente e obtido nota maior do que zero na redação;

B) ProUni: o Programa Universidade para Todos concede bolsas de estudos parciais e integrais a alunos de baixa renda em faculdades privadas bem avaliadas pelo Ministério da Educação (MEC). Para fazer a inscrição é preciso ter desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero no Enem mais recente. Como é voltado a pessoas com limitações financeiras, o candidato precisa se encaixar em uma série de critérios de formação escolar e renda familiar;

C) FIES: o Fundo de Financiamento Estudantil é uma saída interessante para quem não conseguir entrar no Sisu ou no ProUni. Com ele dá para financiar o curso de Medicina (que é o mais caro do Brasil) a juros baixos e ganhar um prazo longo para quitar a dívida. Podem concorrer ao financiamento estudantes de baixa renda que apresentarem desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação de qualquer edição do Enem a partir de 2010.

Citamos aqui algumas das principais informações sobre as provas anteriores do Enem 2019. Para saber mais fique por dentro do nosso site. Lhe desejamos boa sorte sempre.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *